Informações

"Art" uma peça de Yasmina Reza

"Art" uma peça de Yasmina Reza


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Marc, Serge e Yvan são amigos. São três homens de meia-idade, com recursos confortáveis, que mantêm amizade um com o outro há quinze anos. Como os homens de sua idade geralmente não têm oportunidades de conhecer novas pessoas e sustentar novas amizades, sua cortesia e tolerância pelas peculiaridades e afinidades um do outro foram desgastadas.

Na abertura da peça, Serge está apaixonado pela aquisição de uma nova pintura. É uma obra de arte moderna (branca sobre branca) pela qual pagou duzentos mil dólares. Marc não pode acreditar que seu amigo comprou um quadro branco sobre branco por uma quantia tão extravagante de dinheiro.

Marc não poderia se importar menos com arte moderna. Ele acredita que as pessoas deveriam ter mais alguns padrões quando se trata de determinar o que é boa "arte" e, portanto, digna de dois mil.

Yvan é pego no meio dos argumentos de Marc e Serge. Ele não acha a pintura ou o fato de Serge ter gasto tanto para adquiri-la tão ofensiva quanto Marc, mas ele não adora a peça tanto quanto Serge. Yvan tem seus próprios problemas da vida real. Ele está planejando um casamento com um noivo que virou bridezilla e uma série de parentes egoístas e irracionais. Yvan tenta se voltar para seus amigos em busca de apoio, apenas para ser ridicularizado por Marc e Serge por não terem uma opinião forte em sua guerra pelo quadro branco sobre branco.

A peça culmina em um confronto entre as três personalidades fortes. Eles jogam todas as escolhas pessoais que os outros discordam e olham para o rosto um do outro. Uma obra de arte, uma representação visual e externa dos valores internos e da beleza, faz com que Marc, Yvan e Serge questionem a si mesmos e a seus relacionamentos com o núcleo.

No final de sua inteligência, Serge entrega a Marc uma caneta de ponta de feltro e o desafia a desenhar sobre seu branco sobre branco, duzentos mil dólares, adorado, uma obra de arte. Até onde Marc vai provar que ele realmente não acredita que essa pintura seja realmente arte?

Detalhes da produção

  • Configuração: Os quartos principais de três apartamentos diferentes. Apenas uma mudança na pintura acima do manto determina se o apartamento pertence a Marc, Yvan ou Serge.
  • Tempo: O presente
  • Tamanho do elenco: Esta peça pode acomodar 3 atores masculinos.

Funções

  • Marc: Marc é um homem fortemente opinativo quando se trata do que ele valoriza e extremamente condescendente em relação ao que ele não valoriza. Os sentimentos de outras pessoas não influenciam suas decisões nem filtram a maneira como ele fala com elas e sobre elas. Apenas sua namorada e seus remédios homeopáticos para o estresse parecem ter influência sobre sua personalidade forte e acérgica. Em sua parede, acima do manto, está pendurada uma pintura figurativa descrita como "pseudo-flamenga" de uma vista de Carcassonne.
  • Sarja: Serge, de acordo com Marc, recentemente mergulhou no mundo da arte moderna e caiu de cabeça para baixo com um novo respeito por ele. A arte moderna fala com algo dentro dele que faz sentido e que ele acha bonito. Serge passou recentemente por um divórcio e tem uma visão sombria do casamento e de quem procura se comprometer com outra pessoa. Suas regras para a vida, amizade e arte saíram pela janela com seu casamento e agora ele encontrou a paz no reino da Arte Moderna, onde as regras antigas são descartadas e a aceitação e o instinto governam o que é valioso.
  • Yvan: Yvan é menos nervoso do que seus dois amigos sobre arte, mas ele tem seus próprios problemas na vida e no amor que o tornam tão neurótico quanto Marc e Serge. Ele começa a peça estressada sobre o seu próximo casamento e procura um pouco de apoio. Ele não encontra nenhum. Embora a produção física de arte em tela signifique menos para ele do que para os outros, ele está mais sintonizado com as respostas psicológicas e os raciocínios por trás de tais respostas do que Marc ou Serge. Esse aspecto de sua personalidade é o que o leva a ser o intermediário nessa briga entre amigos e o motivo pelo qual ele é menosprezado por ambos. Na verdade, ele se importa mais com os sentimentos e o bem-estar deles do que com ele ou com o outro. A pintura acima da cornija de lareira em seu apartamento é descrita como "um pouco de insolação". A platéia descobre depois que Yvan é o artista.

Requerimentos técnicos

Arte é leve sobre os requisitos técnicos de produção. As notas de produção especificam a necessidade de apenas um único conjunto de apartamento de um homem, "o mais despojado e neutro possível". O único objeto que deve mudar entre as cenas é a pintura. O apartamento de Serge tem o branco sobre tela branca, o de Marc tem a vista de Carcassonne e, para Yvan, a pintura é o “daub”.

Ocasionalmente, os atores entregam à audiência. Marc, Serge ou Yvan se revezam em sair da ação e dirigir-se diretamente ao público. As mudanças de iluminação durante esses aparatos ajudarão o público a entender a interrupção da ação.

Não são necessárias mudanças de figurino e são necessários poucos adereços para esta produção. O dramaturgo quer que o público se concentre na arte, nas amizades e nas perguntas que a peça suscita.

História da Produção

Arte foi escrito em francês para o público francês pelo dramaturgo Yasmina Reza. Foi traduzido várias vezes e produzido em muitos países desde sua estréia em 1996. Arte foi apresentado na Broadway no Royale Theatre em 1998 para uma série de 600 shows. Estrelou Alan Alda como Marc, Victor Garber como Serge e Alfred Molina como Yvan.

  • Problemas de conteúdo: Língua

O Dramatists Play Service detém os direitos de produção de Arte (traduzido por Christopher Hampton). Perguntas para a produção da peça podem ser feitas através do site.


Video, Sitemap-Video, Sitemap-Videos