Vida

Duelo entre Alexander Hamilton e Aaron Burr

Duelo entre Alexander Hamilton e Aaron Burr


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

O duelo entre Alexander Hamilton e Aaron Burr não é apenas um incidente fascinante no início da história dos Estados Unidos, mas também um cujo impacto não pode ser exagerado, pois resultou na morte de Hamilton, que estava atuando como Secretário do Tesouro de Washington. A base de sua rivalidade foi estabelecida muitos anos antes de eles duelarem em uma fatídica manhã de julho de 1804.

Causas da rivalidade entre Alexander Hamilton e Aaron Burr

A rivalidade entre Alexander Hamilton e Aaron Burr teve suas raízes em uma corrida ao Senado em 1791. Aaron Burr derrotou Philip Schuyler, que era o sogro de Hamilton. Como federalista, Schuyler teria apoiado as políticas de George Washington e Hamilton, enquanto Burr, como republicano-democrata, se opunha a essas políticas.

O relacionamento só ficou mais fraturado durante a eleição de 1800. Nessa eleição, o colégio eleitoral estava em um impasse quanto à seleção do presidente entre Thomas Jefferson, que estava concorrendo à presidência, e Aaron Burr, que estava concorrendo à posição vice-presidencial no mesmo bilhete. As regras eleitorais da época não distinguiam entre votos expressos para presidente ou vice-presidente, mas registravam os votos dos quatro candidatos para esses cargos. Uma vez contados os votos, verificou-se que Jefferson e Burr estavam empatados. Isso significava que a Câmara dos Deputados tinha que decidir qual pessoa se tornaria o novo presidente.

Enquanto Alexander Hamilton não apoiava nenhum dos candidatos, ele odiava Burr mais que Jefferson. Como resultado das manobras políticas de Hamilton na Câmara dos Deputados, Jefferson se tornou presidente e Burr foi nomeado vice-presidente.

Em 1804, Alexander Hamilton entrou novamente na briga em uma campanha contra Aaron Burr. Burr estava concorrendo ao governador de Nova York e Hamilton fez uma campanha vigorosa contra ele. Isso ajudou Morgan Lewis a vencer a eleição e levou a mais animosidade entre os dois homens.

A situação piorou quando Hamilton criticou Burr em um jantar. Cartas raivosas foram trocadas entre os dois homens, com Burr pedindo a Hamilton que pedisse desculpas. Quando Hamilton não o fez, Burr o desafiou para um duelo.

Duelo entre Alexander Hamilton e Aaron Burr

Em 11 de julho de 1804, nas primeiras horas da manhã, Hamilton conheceu Burr no local combinado em Heights of Weehawken, em Nova Jersey. Aaron Burr e seu segundo, William P. Van Ness, limparam os campos de lixo do duelo. Alexander Hamilton e seu segundo, Nathaniel Pendelton, chegaram pouco antes das sete da manhã. Acredita-se que Hamilton tenha disparado primeiro e provavelmente tenha honrado sua promessa antes do duelo de jogar fora o tiro. No entanto, sua maneira pouco ortodoxa de disparar em vez de cair no chão deu a Burr a justificativa de mirar e atirar em Hamilton. A bala de Burr atingiu Hamilton no abdômen e provavelmente causou danos significativos aos seus órgãos internos. Ele morreu de seus ferimentos um dia depois.

As consequências da morte de Alexander Hamilton

O duelo acabou com a vida de uma das maiores mentes do Partido Federalista e do início do governo dos EUA. Como secretário do Tesouro, Alexander Hamilton teve um impacto significativo na base comercial do novo governo federal. O duelo também fez de Burr um pária no cenário político dos EUA. Embora seu duelo fosse considerado dentro dos limites da ética moral da época, suas aspirações políticas foram arruinadas.


Video, Sitemap-Video, Sitemap-Videos