Interessante

Avaliação de alunos com necessidades especiais

Avaliação de alunos com necessidades especiais


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Avaliar os alunos com dificuldades de aprendizagem pode ser um desafio. Alguns estudantes, como aqueles com TDAH e autismo, lutam com situações de teste e não podem permanecer em uma tarefa tempo suficiente para concluir essas avaliações. Mas as avaliações são importantes; eles proporcionam à criança a oportunidade de demonstrar conhecimento, habilidade e compreensão. Para a maioria dos alunos com excepcionalidades, uma tarefa de papel e lápis deve estar no final da lista de estratégias de avaliação. Abaixo estão algumas sugestões alternativas que apóiam e aprimoram a avaliação do aprendizado de alunos com deficiência.

Apresentação

Uma apresentação é uma demonstração verbal de habilidade, conhecimento e entendimento. A criança pode narrar ou responder a perguntas sobre sua tarefa. A apresentação também pode assumir a forma de discussão, debate ou uma troca puramente interrogativa. Algumas crianças podem exigir um grupo pequeno ou um ambiente individual; muitos estudantes com deficiência são intimidados por grupos maiores. Mas não descarte a apresentação. Com oportunidades contínuas, os alunos começarão a brilhar.

Conferência

Uma conferência é individual entre o professor e o aluno. O professor solicitará ao aluno que determine o nível de entendimento e conhecimento. Novamente, isso tira a pressão das tarefas escritas. A conferência deve ser um pouco informal para deixar o aluno à vontade. O foco deve estar no aluno compartilhar idéias, raciocinar ou explicar um conceito. Essa é uma forma extremamente útil de avaliação formativa.

Entrevista

Uma entrevista ajuda o professor a esclarecer o nível de entendimento para um propósito específico, atividade ou conceito de aprendizagem. Um professor deve ter perguntas em mente para perguntar ao aluno. Muito pode ser aprendido através de uma entrevista, mas pode ser demorado.

Observação

Observar um aluno no ambiente de aprendizagem é um método de avaliação muito poderoso. Também pode ser o veículo para o professor mudar ou aprimorar uma estratégia de ensino específica. A observação pode ser feita em um pequeno grupo, enquanto a criança está envolvida em tarefas de aprendizagem. O que você deve procurar incluem: A criança persiste? Desista facilmente? Tem um plano em prática? Procura ajuda? Tente estratégias alternativas? Tornar-se impaciente? Procure padrões?

Tarefa de desempenho

Uma tarefa de desempenho é uma tarefa de aprendizado que a criança pode fazer enquanto o professor avalia seu desempenho. Por exemplo, um professor pode pedir a um aluno que resolva um problema de matemática, apresentando um problema de palavra e fazendo perguntas à criança sobre ele. Durante a tarefa, o professor procura habilidade e habilidade, bem como a atitude da criança em relação à tarefa. Ele se apega a estratégias passadas ou há evidências de risco na abordagem?

Auto-avaliação

É sempre positivo que os alunos sejam capazes de identificar seus próprios pontos fortes e fracos. Quando possível, a auto-avaliação pode levar o aluno a um melhor senso de compreensão de seu próprio aprendizado. O professor deve fazer algumas perguntas norteadoras que podem levar a essa descoberta.


Video, Sitemap-Video, Sitemap-Videos