Novo

Archibald Prentice

Archibald Prentice


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Archibald Prentice, filho de um pequeno fazendeiro de Lanarkshire, nasceu em 17 de novembro de 1792. Após um breve período na escola, Archibald Prentice começou a trabalhar em um balconista de armazém para Thomas Grahame, uma manufatura têxtil local. Prentice impressionou seu empregador e, em 1815, Grahame o enviou para representar a empresa em Manchester.

Em Manchester, Archibald Prentice tornou-se amigo de reformadores sociais locais, como John Edward Taylor, John Shuttleworth, Absalom Watkin, Joseph Brotherton, William Cowdray, Thomas Potter e Richard Potter. O grupo foi fortemente influenciado pelas ideias de Jeremy Bentham e Joseph Priestley. Prentice descreveu os escritos de Bentham como "meus livros de texto político".

Archibald Prentice, como o resto dos empresários em Manchester, se opôs a um sistema que negava a representação de cidades e vilas industriais importantes na Câmara dos Comuns. Os homens se encontraram na sala dos fundos da casa de John Potter, que ficou conhecida como Sala de Planejamento de Potter.

Em 16 de agosto de 1819, Prentice observou o início da reunião de reforma em St Peter's Field da janela da casa de um amigo em Mosley Street. Prentice havia deixado a área quando ocorreu o ataque à multidão. No entanto, depois de entrevistar várias pessoas que viram o que havia acontecido, Prentice escreveu um relato sobre o evento e o enviou a um jornal de Londres. A história saiu de Manchester durante a noite de ônibus e apareceu no jornal londrino 48 horas depois. Este artigo, junto com o relatório que John Edward Taylor escreveu para Os tempos, garantiu que os acontecimentos no Campo de São Pedro se tornassem notícia nacional.

Após o massacre de Peterloo, Archibald Prentice tornou-se um colaborador regular dos jornais locais. Isso incluiu oManchester Guardian, o jornal fundado por John Edward Taylor em 1821. No entanto, Prentice não acreditava no Manchester Guardian foi radical o suficiente e em 1824 ele comprou seu próprio jornal, o Manchester Gazette.

Prentice foi um grande apoiador de Jeremy Bentham e em 1825 escreveu em seu jornal: "Acreditando que o grande objetivo da legislação e do governo deve ser produzir a maior felicidade para o maior número, devemos, em todas as nossas discussões políticas, manter que objeto diante de nós. " Prentice editou o Manchester Gazette até 1828, quando sua falência o obrigou a fechar o jornal. Mais tarde naquele ano, seus amigos radicais investiram dinheiro em um jornal que ele chamou de Manchester Times.

Em seus jornais, Archibald Prentice defendeu a reforma parlamentar, a tolerância religiosa e o livre comércio. Em 1830, o Manchester Times vendia bem mais de 3.000 exemplares por semana. Isso era mais do que Manchester Guardian mas John Edward Taylor teve mais sucesso em persuadir as pessoas a anunciar em seu jornal. Depois de 1830, as vendas do Manchester Times diminuíram. As pessoas se opuseram ao seu "tom de professor" e ao contrário do de Taylor Manchester Guardian, Prentice não queria incluir muitas histórias sobre questões não políticas.

Em 1835, Archibald Prentice juntou-se a Joseph Hume e Francis Place para formar a Anti-Corn Law Association. Três anos depois, Prentice organizou uma reunião em Manchester para protestar contra as Leis do Milho. Apenas seis pessoas compareceram, mas foi decidido formar a Liga da Lei Anti-Milho. Logo depois, John Bright e Richard Cobden se juntaram à organização.

As vendas do Manchester Times continuaram fracas e quando um jornal radical rival, o Manchester Examiner, apareceu em 1846, Archibald Prentice descobriu que não poderia mais lucrar com o empreendimento. Em 1847, Prentice concordou em vender seu negócio aos proprietários do Manchester Examiner.

Depois de deixar a publicação de jornais, Archibald Prentice encontrou trabalho no Manchester Gas Office. No entanto, ele continuou a escrever e teve vários livros publicados, incluindo: Tour dos Estados Unidos (1848), Esboços históricos e reminiscências pessoais de Manchester (1851) e História da Liga da Lei Anti-Milho (1853).

Archibald Prentice morreu em 24 de dezembro de 1857.

Das janelas da casa do Sr. Baxter em Mosley Street, vi o corpo principal avançando em direção ao St. Peter's Field, e nunca vi um espetáculo mais alegre. Certamente havia homens de aparência abatida, mas a maioria eram jovens, em seus melhores ternos dominicais e os vestidos de cores claras de mulheres alegres e bem-arrumadas. Lenta e ordenadamente, as multidões tomaram seus lugares ao redor dos edifícios. Nossa companhia riu dos temores dos magistrados, e o comentário foi que, se os homens pretendessem fazer o mal, não teriam trazido suas esposas, irmãs ou filhos com eles.

Eu vi Hunt chegar e ouvi os gritos das sessenta mil pessoas por quem ele foi recebido com entusiasmo, enquanto a carruagem em que ele estava avançava através da densa multidão até os palanques.

Fui para minha casa em Salford, com a intenção de voltar em cerca de uma hora ou mais. Eu não estava em casa há mais de um quarto de hora quando um som de lamento foi ouvido na rua principal e, correndo para fora, vi pessoas correndo na direção de Pendleton, seus rostos pálidos como a morte, e alguns com sangue escorrendo descendo por suas bochechas. A multidão desarmada, homens, mulheres e crianças, foi atacada com resultados assassinos pelos militares.

Os magistrados haviam decidido no último momento que Hunt e os amigos que o acompanharam até os palanques deveriam ser presos. Havia abundância de força disponível para tornar a resistência desesperadora. O número de policiais especiais aumentara muito, pois duzentos homens adicionais haviam prestado juramento para a ocasião; uma parte ficava estacionada em volta dos palanques e outra formava uma linha de comunicação com a casa em que os magistrados estavam reunidos. Perto do campo estavam seis tropas dos 15º Hussardos, uma tropa de artilharia a cavalo, com dois canhões, a maior parte do 31º regimento de infantaria, algumas companhias do 88º regimento, os Cheshire Yeomanry, de entre trezentos e quatrocentos homens , e a fidalguia de Manchester, de cerca de quarenta jovens cabeças-duras, que se ofereceram para esse serviço por seu intenso ódio ao radicalismo.

Há onze anos, nesta cidade, uma reunião, pacificamente organizada para o exercício de um direito constitucional, foi atacada pelos militares e onze pessoas foram mortas e mais de 600 feridos. Os principais atores dessa tragédia nunca foram levados à justiça; mas, pelo contrário, recebeu os agradecimentos da falecida Majestade. A pessoa (Henry Hunt) que deveria ter presidido foi levada a julgamento e, tendo sido considerada culpada de estar presente na reunião, foi sentenciada a uma pena de prisão de dois anos e meio, sentença terrível que foi executada da forma mais implacável. Quão vão foi o esforço feito para extinguir o clamor por reforma, será provado na próxima segunda-feira, quando provavelmente 50.000 pessoas se reunirão no campo onde aquela tragédia foi encenada, para ouvir essa mesma pessoa relatar a história de seus sofrimentos e se dirigir a eles provavelmente na mesma linguagem que pretendia usar quando foi interrompido pelos sabres do Yeomanry.


PrenticeNet

Nomes em vermelho indicar adições ou atualizações recentes.

Ann Eliza Wilber Printiss A ÚLTIMA "Filha da Revolução Americana" viva, Ann Eliza Wilber Printiss, morreu em 1907 e está enterrada no cemitério de Pittsfield Mass. Seu pai tinha 82 anos quando ela nasceu. Ele havia servido sob o general Washington. Seu marido era Horace Printiss, filho de Erastus Printiss de Pittsfield. O último escrivão daquela cidade foi Frederick H Printiss que por 56 anos teve o título de pesquisador e criador de resumos no Tribunal do Condado de Berkshire e um dos personagens mais pitorescos da cidade, morreu após 75 anos. Ele perdeu um braço e uma perna em um acidente de trem quando era menino. Tinha uma enorme biblioteca com mais de 7.000 volumes e títulos pesquisados ​​em todo Massachusetts.
[Contribuição de Fred Printiss em 6 de fevereiro de 2007.]

Archibald Prentice (Novembro de 1792 - 24 de dezembro de 1857), jornalista, filho de Archibald Prentice de Covington Mains na Ala Superior de Lanarkshire, Escócia, e Helen, filha de John Stoddart de The Bank, uma fazenda na paróquia de Carnwarth. Ele era descendente de uma velha família do Covenanting. Casou-se em 3 de junho de 1819 com Jane, filha de James Thomson de Catridge, perto de Linlithgow. Ambos foram enterrados no Cemitério Rusholme, Manchester, Inglaterra.
Ele se tornou editor de The Manchester Gazette em 1824 e então The Manchester Times em 1828. Ele fez campanha pela reforma parlamentar e foi um dos fundadores da Liga da Lei Anti-Milho em 1838. O Times foi vendido em 1847 e ele se aposentou. Depois de uma visita aos EUA em 1848, ele publicou Tour dos Estados Unidos.
Archibald Prentice escreveu o trabalho padrão em Uma história da Liga da Lei Anti-Milho (1853) e editado A Vida de Alexander Reid, um Covenanter Escocês (1822). Ele também escreveu Esboços históricos e lembranças pessoais de Manchester (1851).
[Contribuição de Malcolm Prentis em 4 de novembro de 1997.]

Dave Prentis (nascido em 1950, em Leeds) é o atual secretário-geral da UNISON, o segundo maior sindicato do Reino Unido. Ele teve as seguintes nomeações públicas: Curador do Instituto de Pesquisa de Políticas Públicas (IPPR) [1] e também Catalyst, dois órgãos de pesquisa de centro-esquerda, Conselheiro do Instituto Warwick de Governança e Gestão Pública Visitante do Nuffield College, Membro de Oxford de vários grupos de trabalho conjuntos com o governo e o presidente da CBI do Unity Trust Bank e, desde 1 de junho de 2012, diretor não executivo do Banco da Inglaterra.

Dean Sutherland Prentice, NHL - b. 5 de outubro de 1932 Schumacher, Ontário.

Edward Prentis (1797- dezembro de 1854), pintor, casado e com 11 filhos. Membro proeminente da Society of British Artists. Pintou cenas da vida doméstica com humor e sentimentalismo.
[Contribuição de Malcolm Prentis em 4 de novembro de 1997.]

Ezra Parmalee Prentice (1797 - 1876) [Sartell, Nathaniel, Solomon, Solomon, Solomon, Henry] um rico e importante homem de negócios do interior do estado de Nova York. Ele quase conheceu o Presidente Zachary Taylor, veja este artigo maravilhoso nos Arquivos de Albany!

Ezra Parmalee Prentice (1863 - 1955) [Sartell, Ezra Parmalee, Sartell, Nathaniel, Solomon, Solomon, Solomon, Henry] em 1901 casou-se

Frank Winnold Prentice (Enciclopédia Titanica) (1890-1982) [ancestralidade desconhecida], sobrevivente do Titânico. Nasceu em Norfolk, Inglaterra, em 12 de fevereiro de 1890. Quando ingressou no Titânico, em 4 de abril de 1912, deu seu endereço como 71 Denzil Avenue, (Southampton). Depois de pular na água, ele encontrou o Lifeboat 4, a tripulação e as mulheres do barco o puxaram para dentro. Pouco antes de sua morte em 19 de maio de 1982, aos 92 anos, Frank Prentice contou sua história em um documentário britânico Titanic: uma questão de assassinato.
Se você gostaria de comprar o vídeo Titanic: A Question of Murder. .. Clique aqui!

General Benjamin M. Prentiss (1819-1901) Um dos cidadãos mais ilustres do Missouri, bem como da nação. O general Prentiss foi um soldado de duas guerras, ascendeu ao posto de major-general dos Voluntários dos Estados Unidos durante a Guerra Civil e foi o herói da grande batalha de Shiloh.

George Dennison Prentice (1802-1870) foi o editor do Louisville Journal, que transformou em um grande jornal em Louisville, Kentucky. Ele atraiu leitores pela sátira, bem como por reportagens exageradas e apoio ao Partido do Saber-Nada na década de 1850. Dizia-se que sua escrita contribuía para um sentimento raivoso anticatólico e antiestrangeiro e um motim em 1855. Durante a Guerra Civil, ele criou e escreveu sobre uma guerrilha fictícia "Sue Mundy", cujas atividades costumava insultar os militares da União comandante do estado.

Henry Prentice (1703 - 1788), mascate e comerciante de batatas. Sua principal reivindicação à fama foi ter introduzido o cultivo de batatas na Escócia. Ele foi bem-sucedido o suficiente para poder alojar 140 libras com os gerentes da Canongate Poorhouse em Edimburgo em 1784 para pagar por seu enterro. Ele também mandou construir um caixão e sua lápide gravada: "Não pergunte como eu vivi, mas sim como você deveria morrer."
[Contribuição de Malcolm Prentis em 4 de novembro de 1997.]

Capitão Henry Prentiss foi um soldado da Guerra Revolucionária, foi um do Tea Party e viveu em um ponto, na propriedade Hallowell. Ele era um distinto comerciante e armador.
[Encontrado em: Antigos Marcos e Personagens Históricos de Boston, por Samuel Adams Drake, 1906, página 148. Consulte também a página 53 de Binney '83.]

James Goldie Prentice Serviu na segunda guerra mundial como sargento-mor no Gordon Highlanders e deu o último tiro da guerra!

Joan Prentis(falecido em 1589), bruxa acusada, Chelmsford, Essex, 1589.
[Contribuição de Malcolm Prentis em 4 de novembro de 1997.]

Levi Wells Prentice (1851-1935), ainda pintor americano de naturezas mortas e paisagistas. Prentice era associado à Escola do Rio Hudson, um grupo de artistas conhecidos nos círculos artísticos. De acordo com o livro Nature Staged por Barbara L. Jones, Prentice seguiu um caminho educacional auto-prescrito, iniciado pela Escola do Rio Hudson e reforçado pelos princípios de verdade para a natureza de John Ruskin (1819-1900) expostos em seu livro Modern Painters . Embora ele possa ser aliado de ambas as escolas de pensamento, Prentice não pode ser considerado membro de nenhuma delas. Este livro tem uma foto do artista em seu primeiro estúdio no Brooklyn cercado por suas pinturas e um ensaio completo sobre sua vida e obra.

Mary Prentice (1644-), dau. de Henry Prentice o plantador, casado com Nathaniel Hancock. Seu bisneto era John Hancock, um signatário da Declaração de Independência.

Mary Prentice (1829-) [Dr. Henry, Rev. Dr. Thomas, Rev. Joshua, Dea. Henry, Solomon, Henry] era a esposa de Henry Wells, do Wells Fargo Bank.

Narcissa Prentiss (1808-1847) [Stephen, Stephen, Stephen, Solomon, Solomon, Henry] foi um dos pioneiros do Território de Oregon e a primeira (de duas) mulheres brancas a cruzar as montanhas rochosas.

Os irmãos Prentis (grad. 1903, 1906, 1918) Henning Webb Prentis, Jr., Morton Macnutt Prentis e Joseph Elliott Prentis da Universidade de Missouri.

Sir John Prentice, Laird of Thorn, Lanarkshire, Escócia, lutou com Sir William Lockhart na década de 1650.
[Contribuição de Malcolm Prentis em 4 de novembro de 1997.]

Stephen Prentis (1801- 12 de junho de 1862), poeta, educado no Christ's College, Cambridge, onde se formou BA em 1824 e MA em 1830. Viveu na França por muitos anos e publicou 20 volumes de versos.
[Contribuição de Malcolm Prentis em 4 de novembro de 1997.]


História de Lowell: Observações do visitante 1827-1913


Gloucester, Cape Anne , 22 de julho de 1848

Saímos de Hartford na última segunda-feira, viajando para Boston em uma ferrovia muito bem construída, passando por um país nem fértil nem bonito, exceto ao longo das margens do rio Connecticut, onde o solo é comparativamente rico e as árvores exuberantes. Passamos a tarde de segunda-feira e toda a terça-feira em Peninsulate Boston - a Veneza da Nova Inglaterra, mas o tempo sendo insuportavelmente quente, resolvemos prosseguir para Lowell na quarta-feira de manhã, a uma distância de vinte e seis milhas, por uma das numerosas ferrovias que se ramificam na capital de Massachusetts. Achei essa nova cidade manufatureira um lugar muito maior e mais importante do que eu esperava. Uma descrição escrita meia dúzia de anos atrás agora está desatualizada, tão rápido tem sido o progresso. Em 1822, a população era de apenas 200 em 1825, aumentou para 2.500 em 1836, para 18.000 e agora é de 33.000! Pelas estatísticas que agora tenho diante de mim, neste retiro à beira-mar, posso dar conta da extensão de suas principais manufaturas e do número de pessoas empregadas em cada uma delas.

A taxa geral de aumento da produção durante os últimos doze anos é indicada pelo aumento em três das principais fábricas.

A Merrimack Company, em 1836, tinha 35.704 fusos, usava 2.288.000 libras de algodão e produzia 9.568.000 jardas de tecido. Em 1848, ela tinha 68.000 fusos, usa 4.100.000 libras de algodão e produz 18.000.000 jardas de tecido.

The Lawrence Company, em 1836, tinha 31.000 fusos, usava 3.328.000 libras de algodão e produzia 10.400.000 jardas de tecido. Em 1848, ela tinha 45.000 fusos, usava 5.000.000 libras de algodão e produzia 13.500.000 jardas de tecido.

A Massachusetts Company, fundada em 1840, tem agora 45.700 fusos, usa 7.800.000 libras de algodão e produz 25.000.000 jardas de tecido (de perfuração).
Além das fábricas pertencentes às grandes empresas enumeradas, encontram-se várias pequenas fábricas, serrações, aplainadoras e outras obras necessárias à construção e manutenção de estabelecimentos fabris, produzindo até um milhão de dólares, ou mais. de £ 200.000 anualmente.

Os operativos, em número de 13.000, empregados nos doze estabelecimentos maiores, têm regras rígidas a seguir. A seguir estão os regulamentos a serem observados por todas as pessoas empregadas nas fábricas da Hamilton Manufacturing Company: -

Os capatazes devem estar sempre em suas salas no início do moinho, e não se ausentar desnecessariamente durante o horário de trabalho. Devem cuidar para que todos os que estão empregados em seus aposentos estejam em seus lugares na estação devida, e mantenham um registro correto de seu tempo e trabalho. Poderão conceder licença aos seus subordinados, quando disponham de mãos livres para suprir suas vagas, e não de outra forma, exceto em casos de absoluta necessidade.

Todas as pessoas empregadas pela Hamilton Manufacturing Company devem observar os regulamentos da sala onde trabalham. Eles não devem se ausentar de seu trabalho sem o consentimento do superintendente, exceto em casos de doença, e então devem enviar-lhe a palavra da causa de sua ausência. Devem alojar-se numa das casas da empresa e dar informações no balcão onde alojam-se, quando iniciam ou sempre que mudam de local de internamento e observam o regulamento da sua pensão.

Aqueles que pretendem deixar o emprego na empresa, devem notificar seu superintendente com pelo menos duas semanas de antecedência.

Todas as pessoas que ingressarem no vínculo empregatício da empresa, são consideradas como contratadas por doze meses, e as que saírem antes, ou não cumprirem todas essas normas, não terão direito à demissão regular.

A empresa não empregará ninguém que habitualmente falte à adoração pública no sábado, ou seja conhecido por ser culpado de imoralidade.

Um médico comparecerá uma vez a cada mês no balcão, para vacinar todos os que necessitarem, gratuitamente.

Quem tirar da fábrica ou do pátio qualquer fio, tecido ou outro artigo, pertencente à empresa, será considerado culpado de furto, podendo ser processado.

Os pagamentos serão feitos mensalmente, incluindo alimentação e salários. As contas serão feitas até o último sábado, menos um de cada mês, e pagas na semana seguinte.

Esses regulamentos são considerados parte do contrato, com o qual todas as pessoas que estão trabalhando para a Hamilton Manufacturing Company se comprometem a cumprir.
John Avery, agente.

As mulheres, após o término do trabalho nas fábricas, não são afastadas da superintendência do gerente. A seguir estão os regulamentos para as pensões da Hamilton Manufacturing Company: -

Os inquilinos das pensões não podem alojar-se nem permitir que qualquer parte das suas casas seja ocupada por qualquer pessoa, excepto os empregados da empresa, sem autorização especial.

Eles serão considerados responsáveis ​​por qualquer conduta imprópria em suas casas, e não devem permitir que seus hospedeiros tenham companhia em horários inadequados.

As portas devem ser fechadas às dez horas da noite, e ninguém deve ser admitido depois dessa hora, sem uma desculpa razoável.

Os responsáveis ​​pelas pensões devem prestar contas do número, nomes e emprego de seus hóspedes, quando necessário, e relatar os nomes daqueles que são culpados de qualquer conduta imprópria ou não têm o hábito regular de comparecer ao culto público .

Os edifícios e os pátios à sua volta devem ser mantidos limpos e em bom estado e, se sofrerem lesões, exceto pelo uso normal, todos os reparos necessários serão feitos e cobrados do ocupante.

As calçadas, também, em frente às moradias, devem ser mantidas limpas, e livres de neve, que deve ser retirada das mesmas imediatamente após ter cessado de cair, se negligenciada, será retirada pela empresa às custas do locatário.

É desejável que as famílias de quem mora nas casas, bem como os internos, que não tiveram cinepox, sejam vacinadas, o que será feito às custas da empresa, para quem assim o desejar.

Deve-se reservar algum aposento adequado da casa e apropriado para o uso dos enfermos, de modo que outros não tenham a necessidade de dormir no mesmo quarto.
John Avery, agente.

O horário de atendimento nas usinas é de treze e meia hora e meia sendo permitida para as refeições, perfazendo o tempo real de trabalho doze horas. De que causa surgiu a grande quantidade de manufaturas nesta nova cidade, e como as empresas proprietárias alcançaram o poder de ditar tais regulamentos em um país onde a mão-de-obra é tão escassa?

O estabelecimento de manufaturas deve ser atribuído principalmente à Lei do Milho Inglês, cuja operação deu origem a um desejo geral em todos os estados de que um mercado interno para produtos agrícolas deveria ser criado. O impulso mais imediato foi dado pela guerra de 1813, ocasionada por nossas ordens políticas no Conselho, e nossa aplicação rigorosa do direito de busca. & quotO comércio interrompido e os preços altos & quot, diz o Sr. Miles em seu Lowell como está, & quotque compareceu à última guerra com a Inglaterra, chamou a atenção de

homens, em várias partes deste país, para manufaturar. & quot Havia uma perspectiva não apenas de grande lucro, mas de grande popularidade, para aqueles que contribuíam para tornar os Estados Unidos menos dependentes da Inglaterra para tecidos e a construção de um A fábrica de algodão passou a ser considerada um ato do mais exaltado patriotismo.
Lucro e popularidade combinados ofereciam o motivo mais forte para especulação. Seu americano aguçado sempre está atento à descoberta de um privilégio de água disponível. As margens do rio Merrimack estavam cobertas por árvores da floresta e verificou-se que as quedas de Pawtucket representavam um sério obstáculo à flutuação de madeira até Newburyport, na foz do rio. Uma empresa foi fundada em 1792 que formou um canal de uma milha e meia de comprimento, com quatro eclusas, para realizar a descida de trinta e dois pés. A especulação, no entanto, era. não foi lucrativo, pois em 1804 foi concluído outro canal que ligava o Merrimack ao porto de Boston, e grande parte da madeira que havia sido enviada para Newburyport foi parar em Boston, onde havia mais construção de navios. Após o impulso dado às manufaturas domésticas em 1813, várias pequenas fábricas foram erguidas nas margens do canal, mas só depois de alguns anos é que seu valor total como privilégio da água foi descoberto. O sucesso da Waltham Mills, iniciada em 1814 e em 1820 empregando mais de quatrocentas mãos, encorajou empreendimentos maiores. O Sr. White relata que no último ano o Sr. Paul Moody estava encarregado da Waltham Mills, e um amigo dele, o Sr. Ezra Worthen, um ex-sócio de negócios, estava ligado ao estabelecimento manufatureiro em Amesbury. Desde a infância, o Sr. Worthen conhecia a vizinhança de Pawtucket Falls e quando a lucratividade do negócio manufatureiro levou a pesquisas sobre energia hídrica, a imensa vantagem que aquele lugar oferecia logo chamou sua atenção. Durante uma visita a Waltham, ele expressou o desejo ao Sr. Patrick T. Jackson, um dos principais diretores da empresa lá, de que eles montassem obras em algum novo lugar e lhe dessem emprego para conduzi-las. O Sr. Jackson respondeu que eles fariam isso de bom grado, se ele encontrasse uma boa energia hidráulica. Imediatamente o Sr. Worthen nomeou Pawtucket Falls e com um pedaço de giz desenhou um mapa do rio e do canal no chão. O esboço grosseiro foi suficiente para dar ao Sr. Jackson uma impressão favorável, e ele pediu ao Sr. Moody que visitasse, com Worthen, o lugar que este havia descrito. Não demorou muito para que explorassem toda a vizinhança, traçando o curso do canal, examinando as terras e margens adjacentes e se certificando de que o local oferecia grandes instalações para a construção de uma grande cidade manufatureira. Logo após a recepção de seu relatório altamente favorável, os diretores da Waltham Company resolveram adquirir este local elegível.
O terreno foi comprado em uma extensão de quatrocentos acres, todo o estoque da empresa do canal foi comprado, a Merrimack Manufacturing Company foi incorporada e as operações foram vigorosamente iniciadas, a primeira das quais foi alargar o canal para sessenta pés de largura e oito em profundidade. Em novembro de 1823, o primeiro tecido foi produzido pela Merrimack Company. Outras sociedades de manufatura por ações foram formadas e a energia hídrica adicional tornou-se necessária. Um novo e grande canal foi construído durante os últimos dois anos, ao custo de mais de £ 100.000, o que torna uma grande parte do rio disponível. Sua seção de água é de 1.500 pés quadrados, sendo geralmente de 100 pés de largura e 15 pés de profundidade em locais onde a largura é mais estreita, mas a profundidade foi aumentada de forma a manter a mesma seção, sendo a profundidade no rio de 20 pés. Um canal coberto, ou aqueduto subterrâneo, está agora em construção, do Novo ou do Norte

Canal para o Canal Merrimack, para distribuir as vantagens do novo abastecimento, e para manter o nível nos demais alimentadores. Devido a essas melhorias tardias, a queda disponível nos moinhos pode ser calculada em 33 pés, o fluxo do rio em seus estágios mais baixos é de 1.700 pés cúbicos por segundo e, uma vez que isso é usado, apenas 13 horas fora das 24, e a lagoa feita pela barragem tem capacidade suficiente para reter a água, o abastecimento durante o horário de trabalho é de 3.140 pés cúbicos por segundo dessa água e cai de 80 para 90 por cento. é efetivada pelo uso das turbinas construídas pela Boyden. Como resultado dos dados acima, temos a potência disponível e efetiva no eixo do jacto, o equivalente a 10.000 cavalos de potência. Para tornar constante e aumentar a potência do rio durante os meses de seca, os grandes lagos na origem do Winnipiseogee e Squam, cobrindo uma extensão de mais de 100 milhas quadradas, foram protegidos e, por este meio, não apenas o energia hídrica de Lowell, mas para toda a extensão do rio, ser aumentada. Esse aumento pode ser estimado em 50 por cento, dando um total de 15.000 cavalos de potência como o suprimento do Merrimack em Lowell. oturbina, pela qual uma porcentagem tão grande do poder da água é disponibilizada, é uma roda d'água horizontal com um eixo vertical e placas flutuantes curvas. O todo é "encaixotado", por assim dizer, com granito sólido ao redor da circunferência e na parte superior e inferior, de modo que nenhuma água, que entra na parte superior de um lado e escapa na parte inferior do outro, é desperdiçada e a roda funciona embora a água de fundo esteja nivelada com sua superfície superior se o topo da coluna da qual vem estiver em um nível mais alto. O princípio é uma modificação daquele que é usado há muito tempo no Languedoc e na Guyenne, no sul da França, onde a água flui sobre uma roda horizontal em forma de cone invertido com placas flutuantes em espiral.

Água em abundância e o uso de meios mecânicos para sua aplicação econômica, a questão era: de onde viriam os trabalhadores? Para obter a oferta de trabalho, houve uma união admirável de filantropia e sabedoria mundana. Os sagazes fundadores da cidade sabiam que, a menos que os vários estabelecimentos manufatureiros fizessem uma provisão moral que satisfizesse os pais, em um país onde prevalecia muito do rigor religioso dos primeiros puritanos, os jovens não teriam permissão para se tornarem operários da usina. Entre a comunidade bem-educada da Nova Inglaterra, onde o padrão de moralidade é confessadamente alto, era necessário oferecer altas tentações morais - para dar garantia inequívoca não apenas de que não deveria haver nenhuma das más comunicações que corrompem as boas maneiras, mas que os meios de ensino religioso, moral e intelectual devem ser amplamente fornecidos. Ao ler os regulamentos das pensões, o inglês se pergunta por que, em um país onde a mão-de-obra é escassa, os trabalhadores se submetem a tanto rigor nas regras. O fato é que, sem uma regulamentação estrita, não haveria trabalhadores. Os gerentes devem exercer o rigor da regra dos pais para que os pais possam ter a convicção de que seus filhos estão seguros. O Sr. White diz: -

“A produtividade dessas obras depende de uma condição primária e indispensável - a existência de uma classe de operativos laboriosa, sóbria, ordeira e moral. Sem isso, as fábricas em Lowell seriam inúteis. Os lucros seriam absorvidos por casos de irregularidade, descuido e negligência, enquanto a existência de qualquer grande exposição moral em Lowell cortaria o fornecimento de ajuda das virtuosas propriedades do país. A moral pública e os interesses privados, idênticos em todos os lugares, são aqui vistos como ligados entre si em um

conexão indissolúvel. Conseqüentemente, a sagacidade do interesse próprio, bem como considerações mais desinteressadas, levou à adoção de um sistema estrito de polícia moral.

“Há uma consideração sobre o caráter de nossos operativos, que deve ser mantida em mente o tempo todo. Não temos população fabril permanente. Esse é o grande abismo que separa as cidades manufatureiras inglesas de Lowell. Apenas alguns de nossos operativos têm suas casas nesta cidade. A maioria vem do longínquo interior do país.

& quot Ao fato geral, aqui observado, deve ser adicionado outro, de pouco menos importância para uma compreensão justa deste assunto, -as operativas femininas em Lowell não trabalham, em média, mais de quatro anos e meio nas fábricas. Eles então voltam para suas casas, e seus lugares são ocupados por suas irmãs ou por outras amigas de sua vizinhança. A seguir serão dados os retornos que estabelecerão o fato da média acima indicada.

“Aqui, então, temos dois importantes elementos de diferença entre operativos ingleses e americanos. Os primeiros são operários residentes e vitalícios, constituindo uma casta fabril dependente permanente. Estas últimas vêm de lares distantes, aos quais regressam dentro de alguns anos, para serem esposas de lavradores e mecânicos das cidades e aldeias do interior. O visitante inglês de Lowell, quando acha tão difícil entender por que os agentes americanos são tão superiores aos de Leeds e Manchester, fará bem em lembrar que classe diferente de mulheres temos aqui para começar com - meninas bem educadas em casas rurais virtuosas, nem o fabricante de Lowell deve esquecer que perdemos a distinção, a partir daquele momento, quando deixamos de obter meninas como os operários da cidade.

& quotPara obter esta importação constante de mãos femininas do país, é necessário garantir the moral protection of their characters while they are resident in Lowell. This, therefore, is the chief object of that moral police referred to.

"It should be stated, in the outset, that no persons are employed on the Corporations who are addicted to intemperance, or who are known to be guilty of any immoralities of conduct. As the parent of all other vices, intemperance is most carefully excluded. Absolute freedom from intoxicating liquors is understood, throughout the city, to be a pre-requisite to obtaining employment in the mills, and any person known to be addicted to their use is at once dismissed. This point has not received the attention, from writers upon moral condition of Lowell, which it deserves and we are surprised that the English traveller and divine, Dr. Scoresby, in his recent book upon Lowell, has given no more notice to this his subject. A more strictly and universally temperate class of persons cannot be found, than the nine thousand operatives (now 13,000) of this city and the fact is as well known to all others living here, as it is of some honest pride among themselves. In relation to other immoralities, it may be stated, that the suspicion of criminal conduct, association with suspected persons, and general and habitual light behaviour and conversation, are regarded as sufficient reasons for dismissions, and for which delinquent operatives are discharged."

A part of the moral machinery employed is that all the boarding-houses are the property of and under the direction of the various corporations. We visited one in a long range of excellent three-story houses, with a good pavement in front and a row of trees. They were such dwellings as would let for £40 a-year in Manchester, private looking, each having a brass plate with the name on the door, well finished inside and out, scrupulously clean, with two carpetted and neatly-furnished parlours, fifteen feet square each, used as the sitting-rooms of the young women, and the bed-rooms such as one might expect to find in a respectable English boarding-house for young ladies. I observed that every boarder had her little library, generally of religious books, and that a number had well-engraved and well-framed portraits of their respective ministers. In the spinning and weaving-rooms of the Merrimack Company I saw the young women at work, plainly but neatly dressed in dark-coloured prints or ginghams coming up to the throat, all bearing evidence of good health, although the actual working time is twelve hours a day. I regarded their appearance as a corroboration of a theory I had formed that women in America who had work to do were likely to have better health than those who had none. I saw them going to dinner, in twos and threes, arm-in-arm, all with hoods or bonnets, and perhaps one-half of them with green veils, having the look of farmers' daughters in our own country when, in their ordinary clothing a little tidied, they go an errand into the village shop. At night I went out into the main street, and saw hundreds of them "a shopping," in the perfect security that in this town of more than thirty thousand inhabitants there was not one person who dared to offer them an insult, either by word or look! These young women receive on an average three dollars a week, out of which they pay a dollar and a quarter for board, so that out of their savings, put out at interest in the savings' bank, they can accumulate, during their five years' stay, a pretty little marriage portion.

The Savings' Bank was incorporated in 1829, since which time it has received two millions five hundred thousand dollars, and paid out one million eight hundred thousand. Of the two thousand depositors in the bank, about one-half are factory girls, the amount of whose funds is a hundred and twenty thousand dollars, or £25,000 sterling. Many of the young women have £40 or £50 deposited, and some have as much as £100. Two per cent. interest is paid every six months, which, if not withdrawn, is added to the the principal, thus compounding interest every year. New England being rather a sterile country, many of the young men emigrate to the far west, carrying with them the sober, industrious, and moral habits of their fatherland--and young wives of similar habits, with a "tocher" or portion derived from their labour and saved by their economy at Lowell.

There are in Lowell twenty-three regularly-constituted religious societies, viz., one Episcopal, four Congregational Orthodox, one Congregational Unitarian, three Baptist, three Universalist, two Episcopal Methodists, two Wesleyan Methodists, two Roman Catholics, two Free-will Baptists, two Christians, and one Free Chapel, connected with the Ministry at large. These societies have erected nineteen churches, at a cost of three hundred and eight thousand dollars and two new churches have been commenced this season. They are served at the present time by twenty-two ministers, whose support, with other expenses

of public worship, amounts to twenty-five thousand dollars per year. Connected with these societies there are six thousand one hundred and twenty-three Sunday-School pupils and teachers, constituting about a fifth part of the entire population of the city. Though all these societies are composed altogether of working people, and many of them almost exclusively of factory operatives, yet their charities are many in number, and are considerable in their aggregate amount. Contributions of four hundred dollars have repeatedly been made, in a single church, for missionary purposes. One of these societies raised, two years ago, one thousand dollars for the purchase of a pastor's library. Another has established, within a few years, a parish library of two thousand six hundred volumes, of permanently valuable books, and has recently undertaken the support of a Ministry at large, pledging itself for this purpose to the amount of eight hundred dollars a year, It has been ascertained that the charities of the religious societies of the city, during the past year, beside what was raised for their ordinary expenses, amounted to ten thousand three hundred and twenty-six dollars.

I had occasion, in a previous letter, to remark on the comparative absence of rancourous feeling amongst the various religious sects in this country. Mr. White, the historian of a city which has only a twenty years' history, says of the above numerous body:--

"A better feature still of the Lowell churches is that higher kind of charity, which the Apostle has placed above the bestowing even of all one's goods to feed the poor. Few are the places which, on the whole, are more exempt from bigotry, intolerance, and the little arts of persecution and censoriousness so often suggested by sectarian zeal. The clergymen of the city often meet together, to consult and act in concert, to promote some moral end and such meetings have encouraged generous feelings between the professors of different forms of faith. The factory girl, who comes to Lowell, finds a church professing the creed in which she has been educated and many become interested in their Sunday-school, and attached to their pastor, and have occasion to remember this city with gratitude, as the birth-place of that higher life to which they have here been awakened."
But I must bring my letter to a close. We were exceedingly pleased with our visit to Lowell. I said to the kind and hospitable family with whom we were guests: "It is all very delightful but I think I could form something nearly as good in England if it were possible to give me the privilege of taxing all the other inhabitants to the amount of twenty-five per cent. on all that my community produced." The mills, though enjoying this protection, do not yield more profit than could be had by ordinary investment on mortgage but it is believed that even additional outlay will be safe, and new factories of various kinds, in the neighbourhood, and where water power can be had, are in the course of erection, the capitalists either expecting additional protection, or calculating on the effects of our Ten Hours' Bill, and believing that young women who can earn their marriage portion in five years will not call for such a change as would compel them to work six years for that object.


McCallum Family

One happy 27th day of October in 1829, John McCallum (McAllum) and Mary Reilly (Rilly) became the parents of a son (thought to be their first and only child because they were married in July 1829) and named him Archibald. Archibald was baptised on 20 Dec 1829. John was a servant on Fleshwood Farm (near Dalry) at that time. Fleshwood was a farm owned till 1888 by the Earls of Glasgow. Under the 5th Earl, that farm was known for its fine racing stallions. Sadly, shortly after Archibald’s birth, John seemingly died. Exactly what happened to him is truly not known. We do know that Mary (Reilly) McCallum remarried on the 15th of March in 1834 to Robert McKissock also of Dalry. Mary was mother to six children (John, James, William, Mary, Hugh, and Alexander) from her marriage with Robert. Archibald McCallum remained with his mother and step father until his late teens when we found a record of him working as a Carter in the mines near Dalmellington, Ayrshire, Scotland. Mary (Reilly/McCallum) McKissock (born 03 Mar 1805 and seemingly to John Reilly (Rilly) in Auchinlech, Ayrshire, Scotland) dies on the 30th of October 1851 at the age of 45 years. Mary is memorialized at the Dalry Cemetery. A monument was erected by her son Alexander McKissock on plot C32A. Should it help others, Alexander McKissock married Agnes Muir Simpson in Ayrshire, Scotland. His brother James McKissock married Sarah McMillan and his sister Mary McKissock married Alexander Hay. Both sibling marriages were also in Ayrshire, Scotland and likely in Dalry too.

On the 29th of August 1852, Archibald McCallum married Cecilia Prentice. Cecilia was born in Cambusnethan (Shotts Parish), Lanarkshire, Scotland. Archibald and Cecelia seemingly would have met while her Father was a Quarryman and Archibald a Carter in the mines around that area and they both lived in the Village of Waterside near Dalmellington, Ayrshire.. Cecilia, born 1831, was the first daughter to John Prentice and his wife Janet Allan. Cecilia was seemingly named after her paternal Grandmother, Cicilia Haddow Prentice (the wife of Alexander Prentice and daughter of James Haddow). On 3 May 1858, Archibald McCallum (then an engineman in the mines) set sail to the USA with his wife and their three children, John (born 15 Jan 1853), Jennette (born 12 Mar 1854 and married Josiah Kessinger in 1879), and Mary (born 18 Nov 1856 and married Charles Peebles in 1880). There was another daughter also named Mary (born 12 Oct 1855), who died as an infant. According to records, they arrived (26 May 1858) at a port in New York on the Ship Glasgow. They seemingly traveled by train from Philadelphia to St. Louis, Mo. They first resided with relatives in the Madison County area near Alton, Illinois. These relatives were Archibald Reilly, as well as, John and Sarah English McKissock. John McKissock was a half brother to Archibald and Archibald Reilly was his Uncle. While living with Arch Reilly, Cecilia gave birth to her second son, Archibald Jr. on 25 November 1858 (at or near Paddocks Grove). The family lived near Gooseville and Liberty Praire (areas only locally known now). Later, in March 1862, Archibald Sr. moved his family northward to a farm in Rountree Township, Montgomery County, Illinois, which belonged to his Uncle Archibald Reilly. Tragically, Cecilia dies shortly after their arrival in Rountree. She died on the 7th of July 1862 and is buried at St. John’s Cemetery near Irving, Illinois. (As a time markers, Abraham Lincoln was president from 1861 till 1865. The Civil War was during the same period. James Buchanan was President of the 32 States in 1858).

On the 15th of January 1864, Archibald McCallum Sr. married Nancy Catherine McBride in Montgomery County, Illinois. Archibald Sr. and Nancy (born 10 Jun 1839 to James McBride and Dicy?) had two children, Celia (born 10 Jul 1864 and William (born 10 Sep 1866). Archibald Sr. and Nancy continued to live on the Reilly farm. They inherited the farm from Archibald Reilly when he died in 1892. Nancy died on 5 April 1901 and Archibald Sr. died on 6 March 1904. Archibald Sr. and Nancy are buried in Asbury Cemetery near Raymond, Illinois. Archibald Sr. left his estate to his children. Of those children, John and Archibald Jr. (the sons) remained in farming in Rountree township. Archibald Jr. married Jennie Scherer. For the record, Archibald Reilly and William McCallum are both buried at Mt. Zion Church Cemetery in Rountree Township. William (Little Willie) drowned (1872?) in a well as a 6 year old youngster.

John McCallum (my Great Grandfather), who is believed to be the last Scottish born son of our line, married Emma Waters on 25 March 1882. Emma was the daughter of Joe and Delilah Conover Waters (Joe born in Wales, G.B. and Delilah in New Jersey). They had three children, Hugh Elmer (born 28 August 1883), Bessie Mae (born 13 Aug 1886 and married Henry Weller), and Maude Delilah (born 17 November 1890 and married Fred Grotts in 1916). John died 21 January 1926 leaving his estate to his wife and children. He had expanded their farm holdings in Montgomery County. Emma died 7 November 1940. John and Emma are buried at Asbury Cemetery near Raymond, Illinois.

Hugh Elmer McCallum farmed with his father and later took over the farm upon his fathers death. Hugh married Cordelia Molohon (born 28 June 1887) on 20 December 1905 in Montgomery County. Cordelia was the daughter of James Andrew Molohon and Sarah Abigail Baker. Hugh and Cordelia had three children, Edith Evelyn (born 11 September 1908 and married Wm. Stillahn in 1926), John Russell (born 17 May 1913 and married Wilma Eckhoff in 1935), and Gerald Lamar (born 30 May 1918 and married Viola Alice Arkebauer in 1937). Hugh gave up farming in 1941 and retired to Raymond, Illinois where he lived till his death on 9 February 1953. Cordelia died on 14 February 1963. Hugh and Cordelia are buried in Asbury Cemetery near Raymond. All three of their children are also buried at Asbury.

My father, Gerald Lamar McCallum married Viola Alice Arkebauer and they were blessed with two sons. Those sons were my older brother Jerry Lee (now deceased) and William Joseph McCallum (me).

The picture below was taken on our Scotland Trip in 1999. This is Fleshwood (now Flashgood) Farm where our GGG Grandparents, John and Mary Reilly McCallum, lived as Farm Servants. They were on this farm in 1829 when our GG Grandfather Archibald Sr was born. This farm is slightly northwest of Dalry in Ayrshire, Scotland.


Donald William Archibald Prentice

Mr. Donald W. Prentice is on the Board of Directors at Altus Intervention Ltd.

Financial Controller at Altus Intervention Ltd.

Relationship likelihood: Strong

Director-International Operations at Altus Intervention Ltd.

Relationship likelihood: Strong

Operations Director-Well Services at Altus Intervention Ltd.

Relationship likelihood: Strong

Operations Director-Process & Pipeline at Altus Intervention Ltd.

Relationship likelihood: Average

Senior Vice President-Strategy & Corporate Development at Qinterra AS

Relationship likelihood: Average

Chief Financial Officer at Qinterra AS

Relationship likelihood: Average

Former Director-Well Services at Altus Intervention Ltd.

Relationship likelihood: Average

Reveal deeper insights into your organization's relationships
with RelSci Contact Aggregator.

Empower Your Business Applications with Industry-Leading
Relationship Data from the RelSci API.

Get Contact Information on the
World's Most Influential Decision Makers.

Discover the Power of Your Network with
RelSci Premium Products.

Altus Intervention Ltd. provides well intervention, process, and pipeline services to the oil and gas industry. It offers well services such as coil tubing, pumping, sub sea well intervention, and engineering as well as wire line services such as slick line, cased hole/tractor logging, and heavy duty fishing. The company also provides pip eline services such as pre commissioning and commissioning, flexible riser system testing, bolt tensioning & torquing, pipe freezing, nitrogen services, refrigerant recovery, and video inspection. It operates in the United Kingdom, Norway, Denmark, Spain Azerbaijan, Egypt, Yemen, Ivory Coast, Mauritania, Tanzania, Angola, Equatorial Guinea, Gabon, the United Arab Emirates, Qatar, Brazil, Malaysia, Indonesia, and Australia. The company was founded by Tommy Dreelan in November 2001 and is headquartered in Aberdeen, the United Kingdom.

Stay informed and up-to-date on your network with RelSci news and business alerting service. Nurture your network and further your business goals with smart intelligence on the people and companies that matter most to you.

Browse in-depth profiles on 12 million influential people and organizations. Find RelSci relationships, employment history, board memberships, donations, awards, and more.

Explore notable alumni from top universities and organizations. Expand your fundraising pool and make warm introductions to potential new business connections.

Harness the power of your relationships with RelSci Pro, the powerful platform for identifying relationship-driven business opportunities and connections that can propel your career forward.

Stay informed and up-to-date on your network with RelSci news and business alerting service. Nurture your network and further your business goals with smart intelligence on the people and companies that matter most to you.

Browse in-depth profiles on 12 million influential people and organizations. Find RelSci relationships, employment history, board memberships, donations, awards, and more.

Explore notable alumni from top universities and organizations. Expand your fundraising pool and make warm introductions to potential new business connections.

Harness the power of your relationships with RelSci Pro, the powerful platform for identifying relationship-driven business opportunities and connections that can propel your career forward.


O item novo em folha de menor preço, não usado, fechado e não danificado em sua embalagem original (quando a embalagem for aplicável). A embalagem deve ser igual à encontrada em uma loja de varejo, a menos que o item seja feito à mão ou tenha sido embalado pelo fabricante em uma embalagem que não seja de varejo, como uma caixa não impressa ou saco plástico. Veja os detalhes para uma descrição adicional.

O que significa este preço?

Este é o preço (excluindo taxas de postagem e manuseio) que um vendedor forneceu, no qual o mesmo item, ou um que seja quase idêntico a ele, está sendo colocado à venda ou foi oferecido para venda no passado recente. O preço pode ser o preço do próprio vendedor em outro lugar ou o preço de outro vendedor. O valor "off" e a porcentagem significam simplesmente a diferença calculada entre o preço fornecido pelo vendedor para o item em outro lugar e o preço do vendedor no eBay. Se você tiver dúvidas relacionadas aos preços e / ou descontos oferecidos em uma determinada lista, entre em contato com o vendedor dessa lista.


Archibald Prentice - History

The book has no illustrations or index. It may have numerous typos or missing text. However, purchasers can download a free scanned copy of the original rare book from the publisher's website (GeneralBooksClub.com). You can also preview excerpts of the book there. Purchasers are also entitled to a free trial membership in the General Books Club where they can select from more than a million books without charge. Original Publisher: W. Books Books

Great Britain History-of-the-Anti-Corn-Law-League

Prentice General Books LLC The book has no illustrations or index. It may have numerous typos or missing text. However, purchasers can download a free scanned copy of the original rare book from the publisher's website (GeneralBooksClub.com). You can also preview excerpts of the book there. Purchasers are also entitled to a free trial membership in the General Books Club where they can select from more than a million books without charge. Original Publisher: W.

The book has no illustrations or index. It may have numerous typos or missing text. However, purchasers can download a free scanned copy of the original rare book from the publisher's website (GeneralBooksClub.com). You can also preview excerpts of the book there. Purchasers are also entitled to a free trial membership in the General Books Club where they can select from more than a million books without charge. Original Publisher: W. Books, History

Great Britain, History-of-the-Anti-Corn-Law-League

Prentice, 999999999, History of the Anti-Corn-Law League, Archibald Prentice, 1150851953, General Books LLC, , , , , General Books LLC

2010, ISBN: 1150851953 , Lieferbar binnen 4-6 Wochen Shipping costs:Versandkostenfrei innerhalb der BRD


Grimshaw Origins and History

(Note: Webpage in preparation)

Click here for the 1831 report 1 .

The apparent offending phrase:

“JOHN GRIMSHAW. commonly called Captain Grimshaw, principally remarkable for giving bawdy toasts. And for a countenance which seems to blush at his own lewdness.”

Archibald Prentice wrote for the Manchester Times and Gazette.

The outcome of the trial was a hung jury.

John Grimshaw may have been the father of John Grimshaw of the 5th Royal Lancashire Militia (born 1833) see companionwebpage.


This is a reproduction of a book published before 1923. This book may have occasional imperfections
such as missing or blurred pages, poor pictures, errant marks, etc. that were either part of the original artifact,
or were introduced by the scanning process. We believe this work is culturally important, and despite the imperfections,
have elected to bring it back into print as part of our continuing commitment to the preservation of printed works
no mundo todo. We appreciate your understanding of the imperfections in the preservation process, and hope you enjoy this valuable book.

++++
The below data was compiled from various identification fields in the bibliographic record of this title. This data is provided as an additional tool in helping to ensure edition identification:
++++
History Of The Anti-Corn Law League History Of The Anti-Corn Law League Archibald Prentice Archibald Prentice Cash, 1853
mostre mais


Assista o vídeo: O Desastre do Titanic - 1912 Só com Filmagens Reais da Época (Outubro 2022).

Video, Sitemap-Video, Sitemap-Videos